XIII ASSEMBLEIA GERAL DOS ESTUDANTES DA UFPR

Imagem

Neste ano tivemos um marco importante no processo de lutas que construímos: superamos a representatividade! Com todo o processo de greve, vimos que a mobilização ativa dos estudantes em defesa de suas reivindicações é, de fato, a única forma de garantir melhorias efetivas na qualidade de ensino, em detrimento da representatividade, na qual se delega a outros a esperança de resolução das nossas próprias questões, necessidades e angústias.

Após a conquista das reivindicações, pensando num horizonte de permanente mobilização dos estudantes e garantia da efetivação das pautas conquistadas, deliberou-se na última assembleia pela criação de um comando de pós-greve, visto que, na mesma assembleia, votou-se pelo fim da greve estudantil. O comando do pós-greve, criado e legitimado na última assembleia geral, tem como um dos principais objetivos a construção da XIII assembleia geral dos estudantes, na qual serão eleitos representantes discentes  que comporão  uma comissão paritária, junto com professores e técnicos, garantindo assim a efetivação das conquistas da greve.

Diante disso, a assembleia é uma demanda estudantil urgente, proposta e aprovada por todos os estudantes presentes na última assembleia geral. Sendo assim, sua legitimidade e  necessidade são inquestionáveis, pois é preciso organizar os estudantes, neste momento, para que tudo que a greve conquistou não tenha sido em vão. Se posicionar contra a assembleia e promover a desmobilização, como a atual gestão do DCE tem feito ao longo do ano, é a prova de que esta entidade atualmente não representa e não respeita a necessidade real dos estudantes deliberada coletivamente em assembleia. Não deixemos que falem em nosso nome!

Nesta terça, vamos reafirmar qual forma de mobilização se mostrou mais efetiva: a organização ativa dos estudantes, ao contrário da burocrática representatividade!

O comando de pós greve dos estudantes da UFPR, convida todos os estudantes a  participarem da assembleia que se realizará dia 02 de outubro (terça-feira), as 18:30horas, no pátio da reitoria!

Precisamos eleger os representantes discentes, que comporão a comissão paritária, para garantir a efetivação das seguinte conquistas:

  1. Revisar critérios de concessão dos benefícios da bolsa PROBEM;
  2. Revisar do estatuto de moradias estudantis, garantindo a diversidade de gênero e o caráter misto das moradias;
  3. Garantir da bolsa estágio pra estagiários com carga horaria obrigatória acima de 30 horas semanais
  4. Garantir  vale alimentação e vale transporte para estágios obrigatórios
  5. Estudo sobre a criação de um Colégio de aplicação para estudantes de licenciatura;
  6. Construção de creches para filhos de estudantes e servidores.
  7. Construção do Centro de eventos para estudantes.
Anúncios

XIII Assembleia Geral dos Estudantes – UFPR

Imagem

Comando de Pós-Greve!

Na XII Assembleia Geral dos Estudantes da UFPR, em 12 de setembro de 2012, no auditório do HC, os estudantes decidiram pelo fim da greve estudantil. As pautas especificas e as conjuntas já estavam com suas negociações concluídas, a greve dos servidores técnicos já fora finalizada e os professores apontavam para a suspensão da maior greve das universidades brasileiras. Portanto, os estudantes entenderam que estava na hora de finalizar o nosso ciclo!

MAS ISSO NÃO QUER DIZER QUE A LUTA ACABOU!

Foi aprovada também a criação de um Comando Pós-Greve, com o intuito de continuarmos mobilizados e, assim, garantirmos as pautas conquistadas. O Comando Pós-Greve funcionará nos mesmos moldes do Comando de Greve Estudantil, podendo também convocar assembleias gerais. Foi deliberado que o Comando Pós-Greve poderá reavaliar sua periodicidade quando necessária e também, o seu fim. A primeira reunião do comando está marcada para a próxima quinta-feira, dia 20 de setembro, as 19h, provavelmente no Anf. 600 ou 900 do D. Pedro I, na Reitoria!

É importante que a luta continue, pois algumas das pautas conquistadas tem como encaminhamento a criação de comissões paritárias que irão avaliar as especificidades, e também que os estudantes devem estar atentos e mobilizados mesmo com o fim da greve!

CEPE decide novo Calendário Acadêmico de 2012

CEPE decide novo Calendário Acadêmico de 2012

Tivemos algumas atualizações das informações e segue a nossa nota oficial a respeito das deliberações do calendário letivo de 2012 abaixo, com algumas alterações em vermelho.

Hoje, 17 e setembro, ocorreu a reunião o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) que aprovou o novo calendário acadêmico de 2012 com as respectivas datas de inicio e fim de semestres, bem como as datas dos exames finais.

As aulas de reposição do primeiro semestre terão seu retorno amanhã, dia 18 de setembro, e irão terminar dia 17 de outubro. Um detalhe muito importante é que no dia 17 de outubro será considerado como sexta-feira letiva, apesar de ser quarta-feira, em virtude de no nosso calendário cristão termos alguns feriados que caem justamente nas sextas-feiras.

As matérias dos cursos que terminaram seu semestre letivo serão validas normalmente e terão inicio as aulas do segundo semestre no dia 24 de setembro.

Os cursos e matérias anuais começam as aulas também no dia 18/09 e terminarão no dia 02 março de 2013, pois eles não tem semana de final no meio do ano e, portanto, terminarão mais cedo. Os exames finais vão ocorrer entre os dias 04/03 a 09/03 e de 16/03 a 23/03 de 2013.

Alem disso, os feriado serão respeitados, bem como os sábados e domingos. Somente os cursos que já têm aulas aos sábados é que irão tê-las, como de costume.

Os professores, segundo a APUF (Associação/Sindicato dos Professores da Universidade Federal do Parana), sindicato que representa os professores da nossa universidade, definiram em assembléia geral que queriam a garantia de no mínimo 30 (trinta) dias de férias em janeiro e 15 dias no meio do ano de 2013. E hoje, o CEPE acatou a deliberação da assembléia docente ocorrida no ultimo dia 13, onde “os professores formularam princípios de reposição das aulas na universidade que garantam o respeito aos direitos da categoria e a qualidade das aulas” aos alunos. Portanto, existirão ferias entre 22/dez a 20/jan.

A respeito das matrículas para o segundo semestre, elas vão do dia 11 ao dia 25 de outubro, para os cursos/matérias semestrais. Já as finais serão realizadas entre os dias 18 e 22 de outubro. Ao contrário do que de costume, não haverá semana de estudos que precedem a semana dos exames finais, entretanto eles só podem ser realizados com ao menos 72h apos do lançamento das notas das avaliações.

O segundo semestre de 2012 terá inicio no dia 29 de outubro e finalizará no dia 16 de março do próximo ano, o de 2013. E os exames finais irão ocorrer entre os dias 18 e 23 de março de 2013. Ou seja, Teremos alguns dias de descanso ate começar o segundo semestre desse ano de 2012.

Aguardem mais informações.

Atenciosamente,

Comissão de Comunicação e Divulgação

Estudantes UFPR saem de greve em XII Assembleia Geral (12/09/2012)

Nesta ultima quarta-feira, dia 12 de setembro, em XII Assembleia Geral  nós estudantes, por ampla maioria dos votos,  decidimos sair de greve.

Mais informações em breve.

Aguardem

CONQUISTAS DA GREVE UNIFICADA – UFPR 2012

CONQUISTAS DA GREVE UNIFICADA - UFPR 2012

Não há vitórias sem luta!

DOCUMENTO DA PROPOSTA DA COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO DA REITORIA PARA AS PAUTAS CONJUNTAS:

Documento Pautas Conjuntas

XII ASSEMBLEIA GERAL DOS ESTUDANTES UFPR – Auditório HC

XII ASSEMBLEIA GERAL DOS ESTUDANTES UFPR - Auditório HC

Conquistas da Greve unificada: EBSERH

Imagem

Nas duas ultimas greves tivemos um grande avanço no que diz respeito a luta dos estudantes e trabalhadores por melhoria nas suas condições de ensino e trabalho. As três categorias da educação superior publica federal se uniram. Se uniram para clamar por mais justiça no trabalho. Por mais justiça na educação. Um exemplo é a luta contra a instalação da EBSERH, (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) na UFPR. Mas por que barrá-la? Vamos a um breve contexto.

A EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), empresa pública mas de direito privado, foi criada para administrar os hospitais universitários federais (HU’s). O regimento interno da empresa previu a recomposição da força de trabalho dos hospitais, dessa forma os técnicos e funcionários das fundações não viam nenhuma garantia de manutenção dos seus empregos e a admissão de pessoal passaria a ser sob o regime da CLT.

Como todas as empresas de direito privado, a EBSERH segue a lógica de mercado e, portanto, seu fim último é o lucro. Sendo assim, com a implantação dessa empresa ficariam comprometidos os objetivos acadêmicos dos hospitais universitários, bem como o caráter de atendimento universal e gratuito à comunidade. E ainda, poderia acarretar no comprometimento da função primordial dos hospitais universitários, o de ser um hospital-escola, sem a garantia de que as aulas e estágios dos estudantes fossem prioridade e, assim, passando a funcionar como uma verdadeira empresa.

Está claro que, enquanto os estudantes, técnicos, professores e a comunidade em geral sairiam perdendo com a EBSERH, alguém sairia ganhando. Esse “alguém” é o capital, cujos interesses foram, mais uma vez, defendidos pelo governo federal.

Mas, devido à união da comunidade acadêmica da UFPR em defesa da autonomia da universidade, a EBSERH foi barrada em Conselho Universitário, no último dia 30 de agosto, de forma unânime e por aclamação!

Essa conquista não foi nada fácil, todas as categorias tiveram que construir atos e pressionar pela realização do COUN que barrou a EBSERH.

Não há vitórias sem luta!

Ato dos Secundaristas em apoio à greve dos professores!

Fonte: TV APUFPR.

Conquistas da Greve Estudantil da UFPR

 

DOCUMENTO NA INTEGRA:

Pauta Geral dos Estudantes

%d bloggers like this: